Image Map

24 de fevereiro de 2022

Balam

۞ ADM Sleipnir

Arte de iamagri

Balam (também Balaam, Balan, Balamm, Balemm) é de acordo com a demonologia um grande, poderoso e terrível rei (ou duque, segundo algumas fontes) do inferno, e possui quarenta legiões de demônios sob o seu comando. De acordo com a Goetia, ele é o 51º dentre os 72 espíritos de Salomão. No Pseudomonarchia Daemonum  ("Falsa Monarquia dos Demônios") de Johann Weyer, ele é listado como um anjo caído originalmente pertencente à ordem das Dominações.

Quando invocado, Balam aparece diante de seu invocador como um demônio montado em um urso e trazendo um falcão em seu punho. Ele apresenta três cabeças: a primeira é a de um búfalo, a segunda é humana e a terceira é a de um bode. Balam possui ainda uma serpente como cauda e olhos flamejantes.


Falando com uma voz rouca e áspera, Balam dá ao seu invocador respostas verdadeiras acerca de qualquer pergunta sobre acontecimentos do passado, do presente e também do futuro. Ele também possui o dom de tornar os homens invisíveis e sábios. 

Selo de Balam


Cultura Popular
  • Assim como outros espíritos goetianos, Balam aparece na franquia de jogos Shin Megami Tensei;
  • Em Wild Arms: Alter Code F, há um chefe chamado Balaam, descrito como um monstro com várias faces que habita um espaço mágico contido em um livro das trevas;
  • Em Tome of Magic: Pact, Shadow and True Name Magic, suplemento de Dungeons & Dragons lançado em 2006, Balam aparece como um "vestígio" com o qual os personagens podem fazer um pacto em troca de poder;
  • No cardgame Battle Spirits, há um Spirit Card chamado The HellFighter Balam;
  • Uma cerveja artesanal produzida pela empresa canadense Blood Brothers Brewing leva o nome Balam;
  • No filme de fantasia polonês Dzieje Mistrza Twardowskiego (A História do Mestre Twardowski) de 1996, Balam aparece como o Duque do Inferno, e o principal adversário do famoso necromante polonês Twardowski;
  • Na série literária de ficção científica Outlanders, de Mark Ellis, Balam é apresentado como um híbrido humano/alienígena de 1500 anos, o último dos Arcontes, que corresponde aos alienígenas cinzentos de Roswell;
  • Na série literária Women of the Othrworld, de Kelley Armstrong, Balam é o pai de Eve Levine e um Lorde Demônio da Visão;
  • No anime e mangá Fairy Tail, o nome da Aliança das três principais guildas das Trevas (Grimoire Heart, Oración Seis e Tartarus) é chamada de Aliança Balam;
  • No anime e mangá Mairimashita Iruma-kun, um dos professores da escola de demônios Babyls chama-se Balam Shichirou, sendo um poderoso demônio de rank Khet (8);
  • Balam é o principal antagonista em BPRD: Inferno na Terra — O Exorcista e um antagonista coadjuvante em BPRD: O Diabo que Você Conhece - Pandemônio, ambos quadrinhos de Mike Mignola.
CLIQUE NO BANNER ABAIXO PARA MAIS POSTAGENS DA SÉRIE

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

2 comentários:

  1. Balam também em A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr, como um hashmalim (dominação), cuja missão era perverter os homens para mostrar que a humanidade estava perdida, em oposição a Nathanael, um ofanim (virtude, trono), que tinha por missão achar um justo (e encontrou Noé).

    Se você não conhece, Slei, acho que vai gostar da tetralogia A Batalha do Apocalipse e Filhos do Éden. Super-recomendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho o Batalha do Apocalipse, só que o li faz muitos anos, sequer lembrava que Balam figurava nele. Vou adicionar essa referência posteriormente, obrigado!

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby