17 de novembro de 2014

Ekeko

۞ ADM Sleipnir



Ekeko (ou Equeco) é um deus da prosperidade e abundância, originário de uma antiga civilização pré-colombiana chamada Tiwanaku, que habitava a zona do lago Titicaca. Com a chegada dos Incas, estes adotaram sua imagem e converteram-na numa importante divindade da fertilidade e boa sorte. Nos primórdios, sua imagem era de pedra, corcunda e completamente nu, com seu pênis ereto simbolizando fertilidade. Durante a colonização, os espanhóis tentaram erradicar a sua devoção mas, os indígenas resistiram.A Igreja Católica também tentou sem sucesso erradicar o seu culto, embora a sua imagem tenha sofriso algumas mudanças, entre elas a cobertura de sua nudez e a alteração de seus traços alterados para algo mais mestiço. 

Atualmente ele é retratado como um anão cheinho, de bigode e com os braços abertos, vestindo roupas tradicionais andinas (especialmente o poncho) e em seu corpo são colocá-los pendurados objetos em miniatura que representam os desejos da pessoa: casas, carros, alimentos e dinheiro, entre outros. Suas estátuas também apresentam um orifício apropriado em sua boca para que se possa introduzir cigarros acesos, os quais a estátua "fuma". 



Alasitas

O festival Alasitas é realizado todos os anos no dia 24 de janeiro em La Paz, Bolívia. Ele se estende ao longo de muitas ruas e parques no centro de La Paz e eventos menores são realizadas em vários bairros da cidade. Pessoas vindas de todas as partes da Bolívia e também de outros países compram versões em miniatura dos produtos que eles gostariam de dar a outra pessoa. Estes bens podem ser abençoado por qualquer um dos homens e (menos freqüentemente) mulheres atuando como xamãs. Acredita-se que as pessoas que ganham de presente uma dessas miniaturas abençoadas, receberão o bem real no decorrer do ano seguinte. 




Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby