17 de julho de 2015

Hapi

۞ ADM Sleipnir



Hapi (ou Hep, Hap, Hapy) é o deus egípcio que personificava as águas do Nilo durante a sua inundação anual, a qual o Antigo Egito estava sujeito entre meados de julho e outubro (Nos dias de hoje esse evento já não ocorre mais, pois o rio é controlado por barragens e canais auxiliares que foram construídas ao longo dos tempos). Como um deus da água, Hapi era uma divindade associada à fertilidade e a fecundidade, uma vez que após a inundação, a terra tornava-se perfeita para o plantio. 

O papel de Hapi era tão importante para os egípcios que por vezes ele foi reverenciado acima de Rá, o deus sol. Ele era adorado por todo o Egito, mas foi particularmente popular em torno de Aswan e Gebel El-Silisila.

Iconografia


Hapi é geralmente descrito como um homem de pele azul ou verde com uma barba falsa e vestindo uma cinta associada aos pescadores. Apesar de ser uma divindade masculina, Hapi é retratado com seios femininos e um ventre avantajado, características essas que simbolizam nutrição e fertilidade.



Hapi era também o deus do Alto e do Baixo Egito, e essa dualidade era representada através de duas imagens do deus, onde uma ( representando o Baixo Egito) usava um cocar feito de plantas de papiro a outra (representando o Alto Egito) usava um cocar feito de plantas de lótus. O Hapi do Alto Egito era chamado de Hap-Meht, enquanto o Hapi do Baixo Egito era conhecido como Hap-ResetEles eram representados em conjunto, despejando água de uma jarra ou amarrando as duas plantas heráldicas do Alto e do Baixo Egito com um nó, formando o hieróglifo sema, que simboliza a união do Alto e Baixo Egito.


Relações com outras divindades

Além de possuir dois domínios, Hapi também possuía duas consortes. No Alto Egito, sua consorte era a deusa abutre Nekhbet, e no Baixo Egito era a deusa cobra Wadjet. Quando ele assumiu os atributos de Nun (Nu), Hapi tornou-se consorte da esposa de Nun, a deusa primordial Naunet, membro da Ogdóade de Hermópolis. Ele também foi associado com Osíris - outro deus da fertilidade relacionado com a água - e, portanto, Nekhbet e Wadjet também eram vistas como representações de Ísis, esposa de Osíris .

Hapi foi mencionado nos Textos das Pirâmides sob o nome de Hep onde é ligado ao nomo de Kenset (incluindo a Primeira Catarata e as ilhas de Elefantina, Sahel, Philae, dentre outras) e ao deus Wepwawet ("o abridor de caminhos").

Os textos pediam que Hapi e Wepwawet enviassem uma boa inundação. De acordo com o mito, o rio Nilo fluía do lar de Hapi (próximo da Primeira Catarata) através dos céus e da terra dos mortos antes de emergir de uma caverna em algum lugar nas montanhas. A inundação era referida como a "Chegada de Hapi" e durante a mesma, os egípcios colocavam estátuas do deus nas vilas e cidades para que eles pudessem implorar por sua assistência naquela época. Eles jogavam oferendas no rio em locais sagrados para o deus, a fim de garantir que a inundação não fosse muito baixa (deixando água insuficiente para as culturas) ou muito alta (arriscando a destruição de suas casas, feitas de tijolos de barro).


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby