8 de julho de 2015

Cuero

۞ ADM Sleipnir


O Cuero (em espanhol El Cuero, "A Pele de Vaca") é uma perigosa criatura vampírica que, de acordo com os relatos, habita em lagos e rios do arquipélago de Chiloé, no Chile. Ele se assemelha a uma grande tira de couro bovina, com garras nas pontas e um par de olhos saltados. Na parte de baixo do seu corpo, mais precisamente no centro, a criatura possui uma boca que parece uma grande ventosa com a qual suga até a última gota de sangue de suas vítimas, que podem ser tanto humanos quanto animais.

Ele se desloca suavemente pela face das águas a procura de alimento. Assim que identifica um alvo, ele o hipnotiza, e se estiver ao seu alcance, ele irá rapidamente envolvê-lo, arrastando-o para o fundo do rio ou lagoa, onde irá sugar seu sangue e depois devorá-lo. 

De acordo com as lendas, o único meio de deter o Cuero é com a ajuda de um mago, que por meio de rituais atrai o Cuero para a margem das águas, e atira nele ramos de calafate (arbusto de duríssimos espinhos com frutos doces e azuis). O Cuero, cego pelo feitiço do mago, pensa que o ramo de espinhos é uma presa e o envolve. Assim que o Cuero aperta os ramos com força, os espinhos se enterram em seu corpo, dilacerando-o. 


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:

  1. A primeira vista pensei que era um monstro japonês, pela quantidade de olhos e tal.
    Muito interessante, Um vampiro diferente.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby