Image Map

30 de julho de 2015

Ninlil

۞ ADM Sleipnir

Arte de PoisonDLucy13

Ninlil (também conhecida como SudMulliltu, Mullissu e Mylitta) é uma conhecida principalmente por ser a consorte do deus Enlil, com quem compartilha muitas características (como por exemplo, suas características como deus criador, pai dos deuses, chefe do panteão, doador da vida, entre outras). Ela é geralmente tida como filha dos deuses Haia (deus dos escribas) e Nunbarsegunu/Nisaba (deusa da cevada). Outras fontes dizem que ela é filha de An/Anu e Antu/Ki. Outras fontes ainda afirmam que ela é filha de Anu/An e Nammu. 

Devido a uma interpretação de seu nome, Ninlil é comumente chamada de "Senhora da Brisa", e associada ao ar como seu marido, mas de acordo com estudiosos do assunto, essa tradução de seu nome é incerta.

Ninlil e Enlil 


A participação mais importante e famosa de Ninlil na mitologia se dá com seu relacionamento com Enlil. Quando Enlil ainda era um deus jovem, acabou se apaixonado por Ninlil, porém acabou violentando-a antes de se casarem. Ninlil foi até a presença dos grandes Anunnaki e clamou por justiça, e os mesmos decidiram punir Enlil, expulsando-o de Dilmun (o reino dos deuses), para habitar o reino da deusa Ereshkigal, Kurnugia, "A Terra do Não-Retorno".

Apesar de tudo, Ninlil amava Enlil, e acabou decidindo segui-lo até o submundo. A chegar diante dos três primeiros portões do reino de Ereshkigal, Ninlil encontrou-se com seus guardiões, que na verdade eram todos eles disfarces de Enlil. Sob esses disfarces, Enlil convenceu-a de que ela só poderia passar pelos portões se ela lhe cedesse favores amorosos. Ninlil logo percebeu quem os guardas eram de verdade, e então se relacionou sexualmente com eles, sendo fecundada e gerando posteriormente os deuses Ashnan, Ninazu, Nergal, Ninurta e Nanna.


Iconografia e Sincretismos

Muito pouco se sabe sobre a iconografia de Ninlil. Suas representações são geralmente confundidas com as da deusa Ishtar. Na obra Histórias de Heródoto, Ninlil, sob o nome de Mylitta foi identificada como a versão assíria de Afrodite, a deusa grega do amor. É possível que essa identificação se deva ao sincretismo de Ninlil com Ishtar como a deusa do amor e da guerra. Quando Enlil foi sincretizado com Ashur, o deus mais alto do panteão assírio, Ninlil, conseqüentemente, tornou-se a esposa de Ashur.

Astronomicamente, Ninlil é identificada com as constelações de Ursa Maior e Lira.

fonte:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby