15 de maio de 2017

Yig, o "Pai das Serpentes"

۞ ADM Sleipnir


Yig (conhecido pelo epíteto de "Pai das Serpentes") é uma divindade presente nos Mitos de Cthulhu de H.P. Lovecraft. Ele apareceu pela primeira vez no conto "A Maldição de Yig", escrito por Zealia Bishop, e posteriormente reescrito por Lovecraft.

Descrição
 
Yig costuma aparecer em muitas formas, dependendo da ocasião. Às
vezes ele aparece como um homem-cobra, outras vezes como uma enorme serpente com asas de morcego ou simplesmente como uma gigantesca serpente
. Ele aparece com mais frequência quando suas crianças serpentes são perturbadas pelos  seres humanos. 


Culto

Por causa de sua conexão com as serpentes, Yig tornou-se objeto de adoração em religiões de todo o mundo. Desde a religião egípcia,
passando pelos cultos ofídicos africanos até as Nagas hindus e budistas, Yig reinou em um misto fascínio e coerção. Mas em poucos lugares esse culto foi tão forte e duradouro como na América Central onde recebeu o nome de Quetzalcoatl, a Serpente Emplumada, estando intimamente ligado com o nascimento e extinção de várias civilizações meso-americanas.

De fato ele parece ter sido o criador e ancestral de todos os répteis rastejantes deste planeta e é para com eles especialmente possessivo. Yig gosta de ser adorado mas também e se ofende fácil. Se sentir-se desrespeitado pode enviar seus servos em forma de serpentes ou homens serpentes chamados "Crianças de Yig" para destruir seus inimigos ou em alguns casos transformá-los com seus venenos em uma nova geração de servos répteis.


fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby