19 de janeiro de 2014

A Estrada Sem Fim

۞ ADM Sleipnir


Muitos anos atrás, havia uma estrada que era conhecida pelos habitantes locais como "A Estrada Sem Fim". Alguns dizem que era a Lester Road, em Corona, Califórnia, e outros afirmam que foi Miette Hot Springs Road, em Alberta, Canadá. Era uma longa e sinuosa estrada, sem iluminação e rodeada por uma densa floresta,  e que as pessoas afirmavam ser uma estrada sem fim quando percorrida à noite. Segundo a lenda, as pessoas que dirigiram nessa estrada  à noite nunca mais foram vistas novamente.

A lenda da estrada sem fim tornou-se tão conhecida que muitas pessoas tinham medo de dirigir nessa estrada, mesmo durante o dia. Alguns motoristas até mesmo perdiam a coragem e davam ré em seus carros, com medo de que se eles continuassem o percurso, nunca mais voltariam. A estrada possuía uma curva acentuada para a esquerda em seu final, onde havia um grande canyon. Não haviam grades de proteção nessa curva e no outro lado do canyon, a estrada continuava.

Um dia, uma equipe de operários trabalhava na manutenção da estrada, e acabaram fazendo uma descoberta macabra. Um dos operários empurrou uma pedra para dentro do canyon e ouviu ela bater em algo metálico. Quando eles desceram para olhar, os operários encontraram dezenas de carros batidos na parte inferio do canyon. Todos tinham caído para a morte e os corpos em decomposição e restos de esqueletos de vítimas ainda estavam amarrados à seus assentos.

Foi descoberto que os caminhos de ambos os lados do canyon estavam tão bem alinhados que, quando vistos de um determinado ângulo, especialmente à noite, criavam uma ilusão de ótica. O canyon se tornava quase invisível e a estrada parecia continuar sobre ele. Pessoas que dirigiam pela estrada à noite não tinham ideia de que havia uma enorme queda na frente deles, e quando percebiam já era tarde demais,  caindo da estrada em direção a morte. Dizem que a polícia local abafou a descoberta, querendo evitar um escândalo e a estrada foi discretamente fechada, para nunca mais ser reaberta. Os corpos dos mortos nunca foram capazes de serem recuperados e eles ainda estão lá até hoje, em suas sepulturas de metal retorcido.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

5 comentários:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby