Image Map

15 de janeiro de 2014

Balor

۞ ADM Sleipnir


Balorconhecido pela alcunha de "Balor do Olho Maligno", era o rei dos Fomorianos, uma raça grotesca de gigantes que habitava a Irlanda antes dos Tuatha de Dannan. Ele é muitas vezes interpretado como um deus ou a personificação da seca e das pragas. Filho de Buarainech e marido de Cethlenn, Balor é notável por seu olho no meio da testa e outro na parte de trás da cabeça, que o prevenia de ser atacado furtivamente pelas costas. 

Quando criança, Balor observava os druidas de seu pai prepararem suas poções mágicas e venenosas e um dia, uma dessas poções respingaram em seu olho, o que fez seu olhar se tornar mortal para todos aqueles à quem ele olhava. Balor podia disparar uma espécie de laser desse olho, fulminando tudo o que ele olhava, e além disso, veneno escorria dele como lágrima. Ele mantinha o maléfico olho fechado com uma espécie de venda quando não estava em batalha, e ela era tão pesada que precisava de quatro servos para levantá-la.



Um dia, já rei, Balor ouviu uma profecia de que ele seria morto pelo seu próprio neto. Para evitar que ela se cumprisse, Balor trancou sua única filha Ethlinn em uma torre de cristal, para impedi-la de ficar grávida. Com a ajuda da druidesa Birog, Cian (um membro dos Tuatha Dé Danann) conseguiu entrar na torre e coabitou com Ethlinn. Ela deu à luz a trigêmeos, mas quando Balor descobriu, atirou as crianças no oceano.

Birog conseguiu salvar apenas um bebê, e o entregou para o deus do mar Manannan mac Lir, por quem ele foi criado. O menino, chamado Lugh Lamhfada, tornou-se membro dos Tuatha Dé Danann e os liderou, na segunda batalha de Mag Tuireadh .

Nesta segunda e última batalha, Balor matou o rei dos Tuatha de Danann, Nuada, com o seu olhar. No entanto, antes que ele abrise o olho novamente ,Lugh aproveitou o momento e acertou o olho de Balor com sua lança, ou segundo outras histórias, uma funda, fazendo com que Balor caísse morto sobre seu próprio exército. Seu olho acabou dizimando o exército fomoriano, e no fim Lugh decapita Balor, pendurando sua cabeça em uma árvore.

De acordo com uma lenda,  o olho de Balor ainda estava aberto quando ele caiu morto no chão. Assim, o raio de seu olho mortal abriu uma cratera na terra. Depois de algum tempo, a cratera se encheu de água, formando um lago chamado Loch na Suil (Lago do Olho), no Condado de Sligo, na Irlanda.




NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

10 comentários:

  1. Finalmente *-*
    Mostrem as historias desses clans

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente terminei a postagem sobre os Tuatha Dé Dannan. Demorou mas ficou grande e bem abrangente. Será a primeira postagem a entrar no blog ano que vem!

      Excluir
  2. Vim aqui por causa do wrestler irlandês Finn Balor xD

    ResponderExcluir
  3. muito bom o artigo, estou procurando algo a mais sobre o deus Cian, no qual é meu nome kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou fazendo uma postagem à respeito dele. Contém umas informações adicionais além do que já foi dito nessa postagem e na de Lug. Em breve você poderá conferi-la aqui no blog.

      Excluir
  4. Os Formorianos tem alguma relação com os gigantes do mar do mito da criação celta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei. Não conheço nada a respeito da criação na mitologia celta/irlandesa. Tentei fazer um post uma vez mas era tudo bem confuso, muita coisa misturada, só ia confundir mais quem lesse. Mas um dia pode pintar por aqui.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby