Image Map

7 de janeiro de 2014

Égide

۞ ADM Sleipnir


Égide (do grego Aegis) era o nome do escudo mágico utilizado por Zeus durante a Titanomaquia, e que lhe conferia um enorme poder defensivo. Algumas lendas costumam representá-lo como um manto de pele de cabra, uma nuvem de tempestade, ou como uma couraça . Mas, apesar de todas as suas muitas formas, a Égide é um dispositivo de proteção formidável para aqueles que a empunham.

O deus grego do fogo e da forja, Hefesto, criou a Égide para Zeus. Outra versão no entanto, afirma que foi o próprio Zeus quem a confeccionou, cobrindo-se com a pele de uma cabra chamada Amaltéia, que o amamentou enquanto era um bebê. O escudo foi enfeitado com borlas de ouro, que eram frequentemente retratadas como quatro serpentes. Além de ser um escudo muito poderoso, ele irradia medo. É finamente polido, tornando possível ver o próprio reflexo ao olhar para ele. Ele também pode transformar aqueles que o vêem em pedra, pelo menos em seu uso inicial. Diz-se quando um deus sacudia a Égide, trovões rompiam o céu , o Monte Etna tornava-se envolto em nuvens, e os mortais se acovardavam.


Zeus frequentemente emprestava seu escudo para sua filha, Atena, e uma famosa lenda envolvendo a Égide tem a participação do herói Perseu. Atena empresta a Égide para Perseu, que utiliza o escudo para derrotar a górgona Medusa. Após o seu triunfo sobre a górgona, Perseu devolve o escudo para Atena, e lhe entrega também a cabeça da Medusa como um presente. Atena fixa a cabeça da Medusa ao escudo, e dessa forma qualquer inimigo que olhasse para o escudo se tornaria pedra.

Durante os tempos do Império Romano, os soldados nomeavam suas couraças como Aegis, a fim de associá-las aos poderes e bênçãos de Júpiter, a contraparte romana de Zeus.


NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

4 comentários:

  1. Amaltéia é a Ninfa Melíade (ninfa nascida do sangue da castração de Urano e fecundada por Gaia, a Terra) a quem Réia, orientada pela sua mãe, Gaia, entregou o bebê Zeus para se cuidado. O nome da cabra que alimentou o bebê Zeus é Aix, colocada no céu sob a Constelação de Capricórnio por Zeus adulto, que fez a Égide mágica para si da pele da cabra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As histórias na mitologia grega costumam ter mais de uma versão, a do meu texto baseia-se no Pseudo-Apolodoro e sua obra Biblioteca. Encontrei também versões conflitantes misturando 3 cabras diferentes na mesma história rs.

      Excluir
  2. Procurei pelo termo graças a menção em Odisseia, onde a deusa Pala Athenas de olhos esverdeados e detentora do (égide) é mencionada.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby