9 de maio de 2014

Erchitu

۞ ADM Sleipnir


O Erchitu (ou Boe Mulliache) é uma criatura lendária da tradição da Sardenha. De acordo com as antigas lendas da região, um homem que cometeu um grave pecado se transformaria durante as noites de lua cheia em um enorme touro branco com dois grandes chifres. A criatura vaga pelas ruas até parar em frente a uma casa, onde ela ruge três vezes. Seu rugido é tão alto que pode ser ouvido por todos os habitantes da ilha, e de acordo com a tradição, o dono da casa onde o Erchitu rugiu está condenado a morrer dentro de um ano. 

Às vezes, o Erchitu é dito ser acompanhado por demônios, que acendem duas velas sobre os seus chifres e também o espetam com espetos quentes. 

Com o nascer do sol, o Erchitu volta a sua forma original, porém volta a se transformar na próxima lua cheia. Um Erchitu só pode libertar-se de sua maldição quando alguém corajoso e forte for capaz de apagar as velas em seu chifre com um sopro, ou capaz de cortar os chifres de sua cabeça com um golpe preciso.

Uma história popular conta que certa vez um grupo de pessoas capturaram um Erchitu e o prenderam em um celeiro, prendendo-o à gancho de ferro. Na manhã seguinte, para se certificar de que o touro não havia escapado, foram até o celeiro verificar, e ao invés de encontrarem o touro, encontraram apenas um homem chorando pendurado ao gancho.



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:

  1. Muito bom o trabalho de vocês, estou lendo avidamente seu site, era o que faltava para eu conseguir sanar duvidas, me inspirar e conhecer mais sobre tudo que vocês disponibilizam!
    Parabens!

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby