2 de maio de 2014

Koschei, o Imortal

۞ ADM Sleipnir


Koschei, o Imortal (também conhecido como Kaschey, e Chakhlyk na Ucrânia), é uma figura proeminente nos contos e lendas da mitologia russa. Os primeiros contos sobre ele não descrevem suas características físicas, porém o seu nome é derivado da palavra eslava "Kost", que significa "osso", sugerindo que ele possui uma aparência magra ou esquelética. Em interpretações posteriores, como ilustrações de livros , desenhos animados e filmes , o personagem assumiu a aparência de um homem velho com uma longa barba branca ou com um olhar muito magro e mal.

Sua alcunha de "O Imortal", se deve ao fato de que sua alma não reside em seu corpo, e tentar matá-lo  por meio de meios convencionais é inútil. Koschei escondeu sua alma dentro de uma agulha, que foi colocada dentro de um ovo, que está dentro de um pato. O pato, por sua vez, está dentro de uma lebre, que está trancada em uma caixa de ferro enterrada debaixo de uma árvore de carvalho verde na remota ilha de Buyan. Koschei só pode ser morto se alguém encontrar a ilha, desenterrar o baú, capturar e matar a lebre que vai tentar fugir e, em seguida, pegar e matar o pato que iria tentar voar para longe. Uma vez que o herói da história possuir o ovo, Koschei perde o seu poder e pode então ser controlado. Para finalmente matar Koschei, o ovo ou a agulha precisam ser quebrados contra a cabeça de Koschei. Este ato vai pôr fim a sua existência.


Koschei pode ser contido e enfraquecido, impedindo-o de comer e beber água, mas isso não pode matá-lo. Ele também irá recuperar sua força imediatamente se ele conseguir beber água. Na história A Morte de Koschei, o Imortal, o lendário príncipe Ivan se depara com Koschei, enfraquecido e com sede, tendo sido preso e amarrado por 12 correntes de ferro e privado de água e comida por dez anos.

Perseguidor, sequestrador, assassino e estuprador, Koschei é famoso por raptar mães, esposas e donzelas, e mantê-las prisioneiras em seus vários palácios. Em uma ocasião ele seqüestra Marena ( Mara, Marya Morevna ), a deusa da morte russa, com quem tem uma relação de amor e ódio. Ela é a causa de sua ruína, pois ela persuade Koschei a revelar a localização de sua alma e então passa as informações para o herói da história (normalmente um filho ou marido de uma das mulheres sequestradas, recebendo vários nomes diferentes conforme a versão da história: Dazbog, príncipe Ivan, príncipe Astrach, etc.)

Assim como Baba Yaga, Koschei manteve-se como uma figura popular na mitologia russa ao longo dos anos. Além dos contos populares tradicionais em que é destaque, ele também é caracterizado como um personagem importante na cultura popular fora da Rússia. Hellboy, de Mike Mignola tem caracterizado Koschei como um antagonista em um dos volumes e ele aparece no romance de Mercedes Lackey, "Firebird", sua releitura literária do famoso balé de mesmo nome, de Igor Stravinsky. O nome de Koschei é muitas vezes mais caracterizado na cultura popular do que seu personagem, sendo usado como um nome para vários monstruosos personagens e todos os tipos de arquétipos lendários.



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

8 comentários:

  1. nossa q coisa de loco a alma na agulha ok,a agulha dentro do ovo ok, ovo dentro do pato ok (deve ser uma pata),um pato dentro de uma lebre oq? como isso seria possível + como é uma lenda nem vou questionar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, primeiramente você deve escrever de forma mais correta: respeitando à norma culta da língua; depois você pode questionar, o que quiser: inclusive você próprio. Mas dá para perceber, que isso, só será realizado no looongo prazo. (economizei nos ós).

      Excluir
    2. Matheus, eu também me questiono sobre como essa figura conseguiu colocar o pato dentro da lebre rs.

      Excluir
    3. caro celso. antes de criticar os outros quanto à normalidade da língua, saiba que seu texto está igualmente mal escrito.

      Corrigindo:

      É isso aí! Mas primeiramente você deve escrever de forma mais correta, respeitando a norma culta da gramática. Depois você pode questionar o que quiser, inclusive você. Mas dá para perceber que isso só será realizado no longo prazo (economizei nos 'o')

      Excluir
    4. quando preconceito quando a forma de se escrever , estamos todos escrevendo de forma mais coloquial

      Excluir
  2. Fale sobre werecat's :)

    ResponderExcluir
  3. cara que lenda sinistra... descobri esse site ontem e já to virando frequentador continuem assim

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o seu blogue, mas quero lhe dar uma dica: Mude esta imagem de capa do blogue, pode afugentar algumas pessoas pelo aspecto amador (me perdoe pela arrogância). Entretanto, mantenha a identidade visual do fundo vermelho e a fonte das letras, pois caso mude, deve fazer de uma forma que os antigos usuários percebam que é o mesmo blogue.
    Qualquer coisa posso ajudar, faço pintura digital, e isso não é uma propaganda pessoal! Seria apenas uma forma de retribuir o conhecimento adquirido.

    Parabéns e que os Deuses lhe abençoem

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby