30 de setembro de 2013

Frey

#ADM Sleipnir


Frey (Freyr, Frei, Freir, significado "Senhor")  é um dos grandes deuses da mitologia nórdica. Frey era o senhor do sol, da chuva e das colheitas. Ele era um deus brilhante , que trazia fertilidade e prosperidade para todos. Filho do deus Vanir Njord, Frey foi um dos reféns pediram para viver em Asgard após a guerra entre os Aesir e os Vanir. Sua casa era Alfheim ( a terra dos elfos), e ele foi , por vezes, conhecido como Senhor dos Elfos. 

Entre os tesouros dos anões que foram dados a Frey estão Skidbladnir, o navio mágico, que podia carregar todos os deuses, seus cavalos e armaduras e ainda ser dobrado pequeno o suficiente para caber em uma bolsa, o javali dourado Gullinbursti, que lavrava a terra e a tornava verde e uma espada mágica que se move sozinha nos ares, desferido golpes mortais em seus inimigos. Frey deu esta espada como um dote a Gymir, pai de sua esposa, a giganta Gerda. Ele iria se arrepender de sua perda no Ragnarok, quando ele lutou contra o gigante de fogo Surtur e perdeu a vida . Frey casou-se com Gerda depois de seu servo Skirnir cortejá-la para ele. Muitos estudiosos interpretam a história de Frey e Gerda como uma lenda sobre o cortejo da terra congelada (Gerda) pelo Sol quente (Frey) .Historicamente, o culto de Frey foi difundido e persistente, especialmente entre o povo da Suécia. Por volta do ano 1200, houve uma magnífica estátua de Frey ao lado os outros dois grandes deuses Odin e Thor em Uppsala,Suécia .

Frey e Gerda

Frey sentado em Hlidskialf
Um mito diz que Frey se atreveu a assentar no trono mágico de Odin, Hlidskialf, onde ninguém, além do grande Deus e, às vezes, a sua esposa, Frigga, foram autorizados a sentar-se. Sentado neste trono, Odin era capaz de ver todos os nove mundos. Frey olhou em volta , e seu olhar foi paralisado por uma visão deslumbrante. Ele viu Gerda (ou Gerd), a bela filha do gigante Gymir. Quando ela abriu os portões de seu palácio, com os braços bem torneados brilhou com tal radiação que a Terra e o céu em volta dela brilhavam .Frey deixou o palácio de Odin se sentindo triste e desolado. Ele sabia que, por Gerda ser uma Jotun , uma filha de um dos odiados gigantes, e ele, Frey, era o Senhor dos Elfos, ele nunca poderia conquistá-la . Além disso, foi dito que seu coração estava tão congelado como uma semente no duro inverno da terra. Frey era tão infeliz que não podia comer, dormir, ou falar. Todo mundo foi incomodado por ele. árvores perderam as suas folhas e flores murcharam. Toda a natureza chorou por Frey.

Finalmente o pai de Frey, Niord, mandou Skirnir para falar com seu filho. Skirnir era amigo de Frey e servo de confiança. Ele não demorou muito para descobrir o que pertubava Frey. Skirnir disse que ele iria conquistar a moça para Frey se ele lhe emprestrasse Blodghofi, o maravilhoso cavalo que poderia saltar através do fogo ileso ,e a espada mágica de Frey que atingia gigantes e trolls por vontade própria. Frey concordou, e Skirnir partiu para Jotunheim, a terra dos gigantes. Quando ele chegou a uma parede de fogo, Blodighofi saltou com Skirnir através da chamas. Ambos saíram ilesos. Fora do salão de Gymir enormes cães configurar um temível latindo, uivando como os ventos do inverno. Skirnir pediu um conselho a um velho pastor, mas o homem não ofereceu nenhuma ajuda . Em vez disso , ele disse a Skirnir que ele não tinha nenhuma chance de conquistar Gerda, pois seu coração era feito de gelo .Ele também disse que Frey estava condenado ao fracasso e a morte.

Skirnir
Skirnir sabia que as Nornas tinham decidido seu destino e quando ele deveria morrer. Não havia nada que ele pudesse fazer a não ser cumprir seu dever com esperança e coragem. Dentro de sua sala, Gerda olhou friamente para Skirnir. Primeiro, ele ofereceu suas maçãs douradas a ela em troca de seu amor por Frey, mas Gerda tinha muito ouro. em seguida ele ofereceu o anel mágico de Odin, Draupnir , mas Gerda tinha muitas jóias. Skirnir então ameaçou-a dizendo que poderia cortar sua cabeça com a espada mágica. Gerda respondeu que seu pai mataria Skirnir primeiro e pegaria a espada mágica para si próprio. Skirnir em seguida puxou de seu cinto uma varinha e uma faca. Ele disse que iria esculpir as runas mágicas mais aterrorizantes sobre a varinha e a golpearia com ela. As runas seriam maldições que a condenariam a ser eternamente solitária e cheia de saudade. Ela não teria amigos, nem marido, e nem filhos. Somente o horrível jotun HRIMGRIMNIR iria persegui-la com corpos sujos como acompanhantes.Comida e bebida teriam um sabor repugnante para ela. Ela seria sempre fria e miserável, e aos poucos secaria como um cardo morrendo, pisoteado e esquecido por todos. 


Após essa ameaça terrível finalmente Gerda prometeu casar com Frey. Skirnir então deixou a espada mágica de Frey para trás como um dote da noiva para Gymir e voltou para Frey com a boa notícia de que Gerda iria se casar com ele em nove dias  (Na mitologia nórdica, nove dias simbolizam os nove meses de um norte inverno), no bosque sagrado Barri.O atraso consternou Frey até o dia em que ele pode conhecer sua noiva. Diz-se que depois que eles se casaram, Frey e Gerda foram o casal mais feliz do mundo, pois o calor do amor de Frey tinha derretido coração gelado de Gerda, assim como o sol da primavera derrete a terra congelada e traz as plantas a partir de sementes escondidas dentro dela.

A história de Frey e Gerda é um poema de amor em movimento. Ele exemplifica o desejo profundo que os nórdicos tinham pelo sol e calor da primavera após os longos invernos congelantes de suas terras nativas.

Freyr Contra Surtur





Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby