28 de abril de 2014

Quíron

۞ ADM Sleipnir



Quíron (do grego Χείρων Cheiron/Kheiron - "mão") é na mitologia grega o centauro de maior significância dentre os demais. Embora ele se parecesse com os outros centauros na aparência, ele era muito diferente em seu caráter. Em vez do comportamento brutal típico de seus irmãos, Quíron era um ser bondoso, sábio e pacífico. Suas habilidades em medicina, música, tiro com arco e caça rivalizavam com as de seu pai adotivo, o deus Apolo.

Vida

Quíron era filho do titã Cronos e da ninfa Filira. Um dia enquanto copulavam, Cronos e Filira foram surpreendidos por Réia, titânide e esposa de Cronos. Na tentativa de se esconder de Réia, Cronos se metamorfoseou em cavalo e assim gerou o notável centauro. Filira ficou horrorizada com a aparência de seu filho, e clamou aos deuses para que a transformassem em outra coisa. Os deuses atenderam o seu pedido e a transformaram em uma árvore chamada Tília.

Abandonado pelos pais, Quíron sobreviveu graças à imortalidade herdada do pai, e acabou sendo adotado por Apolo, que lhe transmitiu todo o seu conhecimento: artes, música, poesia, ética, filosofia, artes divinatórias e profecias, terapias curativas e ciência.


Quíron vivia em uma caverna no Monte Pelion, na Tessália e era casado com a ninfa Cáriclo. Teve com ela três filhas, Hipe (também chamada Melanipe or Evipe), Endeis e Ocíroe e um filho, Caristo. Quíron era tido como o último dos centauros, e altamente reverenciado como professor e tutor, mestre de muitos heróis gregos, incluindo Héracles, Peleu (pai de Aquiles), Jasão, Aquiles, Asclépio e Actéon. 




A chaga incurável

Um dia, durante a festa de casamento do filho de um rei, os centauros convidados se embriagaram e começaram a perseguir as mulheres, inclusive a noiva. Assim começou uma batalha entre os centauros bêbados e os convidados, entre os quais estava Héracles e Quíron. Durante a confusão, Héracles acerta Quíron acidentalmente com uma de suas flechas que haviam sido banhadas no sangue da Hidra. A flecha era extremamente venenosa e infligiu em Quíron uma ferida incapaz de ser curada, que passou a torturá-lo com dores insuportáveis. Incapaz de curar seu ferimento e não podendo morrer por ser imortal, ele sofria intensamente, e por isso se recolheu em uma gruta no monte Pélion onde, porém, continuou transmitindo seus conhecimentos aos discípulos que a ele chegavam.

O sacrifício de Quíron

Mas acabou surgindo uma oportunidade única para Quíron se livrar definitivamente de seu sofrimento. Prometeu, o titã doador do fogo à humanidade, havia sido punido por Zeus, sendo acorrentado no monte Cáucaso como castigo por tê-lo enganado e por ter roubado o fogo. Todos os dias, um grifo descia sobre ele e devorava-lhe o fígado, que a cada noite se regenerava, o que era uma tortura eterna para o mesmo. Zeus decretou que Prometeu só poderia ser liberado se um imortal concordasse em ir para o Tártaro e lá permanecesse em seu lugar, renunciando portanto à sua imortalidade. 

Héracles intercede à Zeus em favor do amigo e mestre Quíron, que com a concordância de Zeus, renuncia a sua imortalidade e troca de lugar com Prometeu, morrendo nove dias depois. Em memória da atitude de Quíron, Zeus o colocou no céu como a constelação de Sagitário (ou Centauro, conforme a fonte).



fontes:
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

4 comentários:

  1. Tão legal o seu blog, mas eu tive dificuldade em ler o texto por causa do fundo preto e da letra vermelha. Acho que seria legal se pudesse mudar isso. Contudo, parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Branca! Infelizmente mudar a cor da fonte não é uma opção viável pra mim, pois eu teria que editar cada uma das 1000 postagens manualmente.

      Excluir
    2. E se daqui em diante as postagens fossem feitas em outra cor de fundo e fonte? Mesmo que "metade" do blog fique de uma cor e a outra "metade" de outra ainda sim, acredito eu, seria mais agradável à leitura

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby