13 de junho de 2014

Ghillie Dhu

۞ ADM Sleipnir


Um Ghillie Dhu (escocês, plural: Ghillies Dhu; irlandês: Gille Dubh) é um espírito guardião das árvores pertencente ao folclore escocês, na maioria das vezes retratado como uma fada, elfo ou duende. É provável que tenha sido adorado como uma divindade das árvores ou florestas em tempos antigos. O Ghillie Dhu é um ser solitário, que se encarrega de proteger as florestas que cercam seu lar da destruição empregada pelo homem ou pela natureza. 

Ghillies Dhu são descritos como seres de baixa estatura, podendo atingir 1 metro de altura conforme a fonte. Seus cabelos são negros como a noite, seus olhos são de um marrom profundo e seus braços são longos e finos. A cor de sua pele varia conforme as estações do ano, passando de verde a marrom. Eles vestem roupas feitas com folhas costuradas e malhas de grama e musgos. 

Nas florestas, são geralmente encontrados em bosques de bétulas, sua espécie preferida de árvore. Embora eles sejam mais ativos durante a noite, eles não considerados criaturas noturnas. Quando vão dormir, o fazem no chão sobre um ninho criado a partir de fibra vegetal. Sua dieta consiste de frutas e nozes.


Natureza


As histórias sobre os Ghillies Dhu geralmente são conflitantes em relação à sua natureza. Algumas delas afirmam que eles são seres notoriamente tímidos e inofensivos, que preferem evitar o contato com os humanos. Outras histórias retratam um lado mais sombrio, onde os Ghillies Dhu não gostam de seres humanos. Essas histórias alertavam as pessoas a serem cautelosas ao andar pelos bosques encantados durante à noite, caso contrário elas poderiam ser agarradas pelos longos braços de um Ghillie Dhu e acabarem escravizadas para sempre no reino das fadas .

Apesar de sua timidez, os Ghillies Dhu são seres gentis com crianças e quando eles encontram uma perdida na floresta, eles prontamente se oferecem para ajudá-la a encontrar o seu caminho. Essa gentileza no entanto não se aplica aos adultos, e caso um Ghillie Dhu se sinta ofendido ou ameaçado por um deles, ele poderá fazer as raízes e galhos das árvores se moverem e prender o ser humano, fugindo logo em seguida. Conta-se que eles também podem usar os seus braços para esmagar essas pessoas.

Conforme o seu habitat nas florestas escocesas diminuiu ao longo do tempo, os Ghillies Dhu não só se tornaram mais acostumados com o homem - embora continuassem sendo tímidos e silenciosos -, mas também começaram a migrar para outras partes do mundo. Um contingente deles teria seguido caçadores escoceses até o Canadá no final dos anos 1700, e lá estabeleceram uma comunidade nas florestas da América do Norte.

Alguns deles escolheram adotar um estilo de vida onde estabelecem uma relação mais estreita com o homem. Através de um papel que lhes permite exercer o seu amor e desejo de cuidar de crianças humanas, mas preservando seu caráter tímido, estes Ghillies Dhu atuam realizando os serviços atribuídos à singular "Fada dos Dentes". Vivendo em quintais e parques, estes Ghillies Dhu visitam as crianças durante à noite, a fim de recolher os seus dentes, os quais eles usaram para lançar uma magia de proteção sobre a criança. 

Já aqueles que ficaram para trás na Escócia, ou morreram ou se uniram à outras espécies de fadas, perdendo assim sua identidade.



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby