Image Map

18 de junho de 2014

Pomona

۞ ADM Sleipnir


Pomona era a deusa romana guardiã dos pomares e das árvores frutíferas. Ao contrário de muitas outras divindades agrícolas, Pomona não estava associada com a colheita, mas sim com o florescimento das árvores de frutos. Ela é geralmente retratada carregando uma cornucópia ou uma bandeja de frutas florescendo, e também uma faca de poda em uma das mãos. Ela não possui uma contraparte grega, sendo portanto uma divindade exclusivamente romana.

Nos escritos de Ovídio, Pomona é uma ninfa de madeira virginal que rejeitou vários pretendentes, dentre eles Silvano e Picus antes de finalmente se casar com Vertumno - e a única razão pela qual ela se casou com ele era porque ele disfarçou-se como uma mulher velha, e, em seguida, ofereceu conselhos a ela sobre com quem ela deveria se casar. Vertumno acabou conquistando Pomona, e assim o casal se tornou responsável ​​pela natureza prolífica de macieiras. Pomona compartilha com seu marido um festival próprio, comemorado em 13 de agosto.


Pomona e Vertumno foram listados entre os Numina, ou espíritos guardiões da mitologia romana, que assistiam sobre pessoas ou sobre aspectos da casa ou nos campos , no caso deles, os pomares e jardins. Ela tinha seu próprio sacerdote em Roma, os flamen Pomonalis e um bosque sagrado chamado Pomonal, localizado não muito longe de Ostia, o antigo porto de Roma. 

Apesar dela ser uma divindade bastante obscura, Pomona aparece muitas vezes na arte clássica, incluindo pinturas de Rubens e Rembrandt, e uma série de esculturas. Uma estátua de Pomona nua pode ser vista na fonte do Central Park, pouco antes do Plaza Hotel em Nova Iorque. 


NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

3 comentários:

  1. E qual era a contraparte romana de Démeter?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pierrot, a contraparte romana de Deméter se chama Ceres.

      Excluir
    2. Ah eu conhecia o nome mas não a divindade associada. Muito obrigado.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby