Image Map

18 de janeiro de 2022

Cath Palug

۞ ADM Sleipnir

Cath Palug (também Cath Paluc, Cath Balug, Cath Balwg, Chapalu; "gato com as garras afiadas", "gato que arranha", ou "gato de Palug", entre outros significados possíveisé uma criatura monstruosa presente em contos/poemas galeses e franceses, descrita como sendo uma espécie de gato preto gigante, e às vezes possuindo características de um peixe. 

Ele é dito ser um dos estranhos filhos de uma porca chamada Henwen, cuja gestação era, de acordo com uma profecia, um mau presságio para a ilha da Bretanha. Quando Henwen estava pronta para dar à luz, ela foi perseguida até mergulhar no mar (seus perseguidores variam de acordo com a versão do conto; o mais comum é o rei Arthur) em Penrhyn Awstin, na Cornualha. Ela consegue escapar e acaba chegando no País de Gales, onde começar a dar a luz à sua prole maldita. Cath Palug, em particular, assim que nasceu mergulhou no mar, cruzou o estreito de Menai e foi parar na ilha de Anglesey, onde segundo algumas vertentes da história, foi resgatado e criado pelos filhos de alguém chamado Palug (e daí o seu nome).

Em pouco tempo, Cath Palug cresceu e se tornou uma criatura de proporções gigantescas e uma verdadeira calamidade para a ilha. Confrontado por um exército de guerreiros, ele matou 180 deles antes que fosse finalmente morto (em algumas versões da história por Sir Kay, em outras por Arthur, entre outros oponentes). Em relação a Arthur, alguns acreditam que o conto é uma alegoria do seu conflito com Mordred.

Arte de Peter Diamond

Variações

No poema L'Estoire de Merlin ("A história de Merlin", escrita no século XIII), Arthur enfrenta uma criatura não nomeada mas com as mesmas características do Cath Palug. Nele, um homem pescando no lago Lausanne jura que dedicará a Deus a primeira pesca que fizer, mas não cumpre seu juramento. Ele continua pescando normalmente até que ao lançar sua linha no lago pela terceira vez, ele acaba pescando um gatinho preto. O homem então leva o gato para casa, e em pouco tempo o mesmo cresce de maneira anormal. Agora gigante, o gato mata o pescador, sua família inteira e, subsequentemente, qualquer viajante insensato o suficiente para se aproximar do lago. Eventualmente, ele acaba sendo morto pelo Rei Arthur.

Em uma versão da canção de gesta La Bataille Loquifer, Cath Palug (sob o nome Chapalu) é confrontado pelo herói Rainouart. Aqui, Chapalu era filho de uma fada chamada Brunehold, que enquanto se banhava em uma fonte acabou sendo violenta por um lutin chamado GringaletEmbora Chapalu tenha nascido com a aparência de um humano belo e saudável, Brunehold não suportou a vergonha de tê-lo tido e o amaldiçoou, transformando-o em um monstro horrendo. Ele agora tinha uma cabeça de gato com olhos vermelhos, o corpo de um cavalo, garras de grifo e cauda de leão. A maldição de Chapalu só poderia ser revertida quando ele consumisse algumas gotas do sangue de Rainouart. Assim, o herói foi levado por três fadas até Avalon, e lá Arthur faz com que Chapalu e Rainouart lutem. Durante a batalha, Chapalu derramou um pouco do seu sangue do calcanhar sobre Chapalu, e sua forma humana foi restaurada. 

Cultura Popular

  • No mangá/anime Nanatsu no Taizai, Cath Palug é uma criatura monstruosa nascida da Mãe do Caos, que se apresenta como a companheira do Rei Arthur Pendragon;
  • No jogo Fate/Grand Order, o personagem Fou é revelado como Cath Palug, vinculado à Merlin como seu familiar.
Cath Palug em Nanatsu no Taizai

fontes:

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

3 comentários:

  1. (*▽*) muito bom, agora ele me fez lembrar de uma coisaa, não tem um gato gigante que andava com uma gigante velha que devorava crianças!?

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby