21 de fevereiro de 2014

Sigbin

۞ ADM Sleipnir


Sigbin (ou Sigben) é uma criatura da mitologia filipina, que sai à noite afim de sugar o sangue das vítimas de suas sombras. A criatura anda para trás com sua cabeça abaixada entre as pernas traseiras, que são muito mais curtas que os membros dianteiros. A sua aparência assemelha-se, dependendo do conto, a um corvo, bode ou canguru sem chifres, possuindo uma longa e flexível cauda similar a um chicote e um par de orelhas muito grandes, que são capazes de bater palmas como se fossem um par de mãos. O Sigbin exala um terrível mau-cheiro e é capaz de ocultar sua presença, tornando-se invisível para outras criaturas. 

Também é dito que sai de sua toca durante a Semana Santa, buscando crianças para matar, com o intuito de pegar o seu coração para confeccionar um amuleto .



Segundo os contos, diz-se que existem famílias conhecidas como Sigbinan ("aqueles que possuem Sigbin"), que possuem o poder de comandá-los. As Aswang (vampiras filipinas) são ditas mantê-los como seus animais de estimação, junto com uma outra criatura mítica, uma ave conhecida como Wakwak. Dizem que o Sigbin traz riqueza e sorte para seus proprietários. Nas ilhas Visayas, os Sigbins são conhecidos como Amamayong.

Existem especulações de que a lenda pode ter surgido com base na observação de uma espécie rara de animal. Na ilha de Bornéu, foi descoberto em 2005 o gato-raposa, uma nova espécie em potencial de carnívoro descrito como um animal que possui as patas traseiras mais curtas do que as suas patas dianteiras, semelhante à criatura descrita nas lendas. Os relatos de avistamentos do Sigbin podem pertencer ou estar relacionados à avistamentos do gato-raposa.

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Minha mãe e minha avó me contaram uma história muito esquisita uma vez, elas disseram que estavam no interior, em um churrasco na laje, quando lá em baixo elas avistaram uma criatura peluda, muito estranha, que andava com a cabeça entre as pernas. Na concepção delas, era um lobisomem. Mas lendo o poste, pode ser uma dessas criaturas aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A criatura filipina do relato acima se parece MUITO com o lobisomem brasileiro\português\espanhol\sulamericano. As orelhas que batem como palmas e a aparência que combina características de OUTROS animais. Se duvidar, essas duas criaturas possuem relação.

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby