14 de fevereiro de 2014

Supay

۞ ADM Sleipnir

Arte de Mauricio Cerecera

Nas mitologias dos povos incas e aymaras,
Supay (ou Zupay) era tanto o deus da morte e o governante de Uku Pacha, o submundo inca, e de uma raça de demônios. Ele também é o senhor da riqueza mineral, sendo capaz de transformar veios de prata em quartzo e veios de ouro em piritas. 

Às vezes, ele é descrito como um monstro com corpo de leão, chifres de carneiro, dentes e patas do tigre, e exala cheiro de enxofre. Ele possui habilidades metamórficas para se transformar em um gato, um porco ou uma coruja, e podem habitar tais fenômenos naturais como um terremoto, furacão ou tempestade. Quando irritado, ele pode rugir como um javali, enquanto em outros momentos ele grunhe como um porco.

Em certas ocasiões, ele assume a forma de um belo jovem solteiro. Ele, então, ganha a confiança de uma pessoa, a fim de possuir seu corpo e causar epilepsia ou loucura. Isto coincide com o principal objetivo de Supay, que é prejudicar os seres humanos.

Com a colonização espanhola nas Américas, os sacerdotes cristãos usavam o nome Supay quando se referiam ao diabo cristão. No entanto, ao contrário dos europeus em relação ao diabo cristão, os povos indígenas não temiam Supay, e tinham ainda o costume de invocar a sua proteção.

Supay adquiriu um simbolismo sincrético, tornando-se o personagem principal das "diabladas" da Bolívia (vistas no Carnaval de Oruro), Peru, e outros países andinos. O nome Supay costuma ser traduzido para " diablo " (diabo) na maioria dos países sul-americanos. Em alguns deles, por exemplo, a região norte da Argentina, o submundo onde Supay reina, é chamado de "Salamanca" .

Em algumas áreas do Peru, os Quíchuas continuam a tradição da dança do Supay na "Mamacha Candicha", que significa aproximadamente " A virgem flamejante" e é um festival de dança com duração de até duas semanas. No entanto, a dança do Supay pode ser performada para turistas em outras ocasiões, não necessariamente relacionadas com a Mamacha Candicha.


fonte:
  • https://en.wikipedia.org/
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

6 comentários:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby