26 de março de 2014

Arianrhod

۞ ADM Sleipnir


Arianrhod  (Aranrhod, Aryanrot, Aranrot e Aranro) é uma deusa lunar da mitologia celta/galesa, e adorada como uma deusa da fertilidade, do nascimento, da iniciação e da reencarnação. Seu nome siginifca "Roda de Prata" (arian - prata e rhod - roda). O castelo de Arianrhod representa toda a Via Láctea e é conhecido como Caer Arianrhod, o disco de estrelas em torno da estrela polar, que não conhece destruição, pois este nunca se dissipa abaixo do horizonte, mesmo em pleno Verão. A Deusa Arianrhod costuma ser reverenciada na Lua Cheia.  

Relações

Arianrhod é filha de Don (a equivalente da deusa celta Danu, a mãe de todos os deuses celtas), que era a irmã de Math o mágico. Os irmãos de Arianrhod são Gwydion, um mágico - poeta e herdeiro de Math, e Gofannon, o deus da forja. O consorte original de Arianrhod era Nwyvre ("céu","espaço","firmamento"), porém os mitos relacionados a ele se perderam no tempo. O único conto existente de Arianrhod é encontrado no Mabinogion, uma coleção de histórias galesas gravadas no período medieval, embora eles sejam, obviamente, os mitos pagãos do panteão galês.


Arianrhod e o nascimento virginal

O Rei Math governava Gwynedd, mas sofria de uma maldição que só lhe permitia viver se seus pés repousassem no ventre de uma virgem em tempos de paz. Infelizmente, o seu sobrinho Gilvaethwy tinha caído no amor com a sua virgem suporte, Goewin. Ele confidenciou seu segredo a seu irmão Gwydion, e como ele sabia que Math estava livre da maldição em tempos de guerra, maquinou uma guerra entre Math e seu vizinho, o Rei Pryderi. Math foi forçado a ir para a batalha, deixando sua virgem suporte para trás. Gilvaethwy aproveitou a oportunidade, violentou Goewin, e fez dela sua esposa relutante. Naturalmente, Math ficou furioso quando ele voltou.

Em uma tentativa de recuperar o favor de Math, Gwydion sugeriu sua irmã Arianrhod para o cargo de virgem suporte de Math. No entanto, era necessário um procedimento mágico para provar a sua pureza. Arianrhod tinha que passar por cima do bastão de Math (um objeto fálico), mas assim que ela o fez, ela deu à luz um menino de cabelos dourados chamado Dylan eil Tôn ("Dylan das Ondas"), que imediatamente pulou no mar e nadou para longe. Arianrhod vai embora do palácio indignada, e ao passar pela porta deu à luz a outra criança ainda não completamente formada. Ninguém além de Gwydion viu a criança nascer, e então ele resolveu  pegar a criança criá-la em segredo. O menino cresceu muito rápido, tanto que ao completar quatro anos de idade, ele já era tão alto quanto um menino de oito anos.

As maldições sobre Llew

Quando Gwydion levou o garoto ao castelo de Arianrhod para conhecê-la, ela recusou-se a reconhecê-lo como seu filho, e ainda o amaldiçoa dizendo-lhe que ele nunca teria um nome até que ela lhe desse um. Tendo ouvido isso, Gwydion cria um plano para enganar Arianrhod. Disfarçados como sapateiros, Gwydion e Llew navegaram até o castelo de Arianrhod. Arianrhod pensou em adquirir alguns sapatos novos, e então desceu para consultá-los. Enquanto Gwydion ajustava os sapatos, uma carriça veio e pousou no barco. O garoto pegou seu arco e atirou -o na perna . Arianrhod ficou impressionada e disse que "'ele possui uma mão firme !" ( Llew Llaw Gyffes) , nomeando, assim, seu filho. Irritada por ter sido enganada, ela declarou que o menino nunca portaria armas nem armaduras que não lhe fossem conferidas por ela. 

Llew cresceu triste por saber que nunca poderia se tornar um guerreiro. Compadecido, Gwydion disfaçou a si próprio e a Llew como bardos, e foram até a fortaleza de Arianrhod novamente. Chegando lá, encantaram a todos com suas narrativas e conforme o costume, ofereceram-lhes hospedagem para passarem a noite. Ao amanhecer, Gwydion procurou uma muralha bem alta e de lá lançou um feitiço poderoso que aprendeu com Math, fazendo parecer como se um grande exército estivesse invadindo a fortaleza de Arianrhod. O ar ressoava com gritos e trombetas e a baía parecia estar cheia de embarcações inimigas. Arianrhod avisa aos dois sobre o que ocorria e os aconselha a irem embora, porém Gwydion diz que eles são capazes de ajudá-la a defender a fortaleza, só precisavam que ela desse uma arma e armadura ao seu discípulo. Arianrhod prontamente deu a Llew um capacete, uma armadura e uma lança. Instantaneamente os sons de batalha cessaram, e Arianrhod, enganada novamente, colocou uma terceira e última maldição sob Llew - ele nunca se casaria com uma mulher que nascesse da Terra dos homens. Após essa terrível maldição, Gwydion pede a ajuda de Math, e os dois então resolvem criar uma mulher para Llew. Eles colheram flores do carvalho, botões de giesta e da rainha-dos-prados, e depois misturaram esses ingredientes proferindo poderosos encantamentos, formando assim a noiva de Llew, Blodeuwedd ("rosto de flor")



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby