6 de março de 2015

Badb

۞ ADM Sleipnir




Badb ("corvo" em irlandês, também conhecida como Badb Catha "corvo de batalha") é na mitologia celta/irlandesa uma deusa da guerra, que atuava nos campos de batalha, os quais eram chamados de "jardim de Badb". Badb aparecia em meio as batalhas sob a forma de um corvo ou de um lobo, e então espalhava medo e confusão entre os soldados, a fim de mover a maré da batalha para o seu lado favorito. 

Badb podia também aparecer antes de uma batalha para prever a extensão da carnificina que estava por vir ou para prever a morte de uma pessoa notável. Ela fazia isso através de gritos de lamentos, levando-a a ser comparada com as Bean-Sídhe.

Algumas fontes dizem que Badb era amiga e ajudante do herói irlandês Cú Chulain. Quando Cú Chulain morreu, Badb pousou em seu ombro sob a forma de um corvo. Como Cú Chulain até então atacou tudo e todos que se aproximavam dele, seus inimigos tiveram certeza que ele havia morrido. 


Badb é geralmente identificada como uma das Morrígna, um trio de deusas guerreiras irlandesas, embora exista uma série de relatos conflitantes sobre este assunto. Em Lebor Gabála Érenn ("O Livro da Tomada da Irlanda"), Badb, Macha e Morrígan compõem a trindade Morrígna e são nomeadas como filhas da deusa da agricultura Ernmas. De acordo com esta versão, ela também é a irmã de Ériu, Banba e Fódla, as três deusas matronas da Irlanda, que dão seus nomes para a terra. Outros contos identificam o trio como sendo filhas do duidra CailitinO Lebor Gabála Érenn também afirma que Badb é uma das duas esposas do deus da guerra Neit. Menos comumente, ela tem sido descrita como a esposa do rei fomoriano Tethra

Em seu papel como uma deusa campo de batalha aterrorizante e prenúncio de desgraça, Badb se assemelha à deusa Nemain, e de fato as duas podem ser na verdade a mesma divindade. Assim como Badb, Nemain também é identificada como corsorte de Neit e às vezes é listada como uma das três Morrígna. Escritores têm usado às vezes os seus nomes de forma intercambiável, sugerindo que elas podem ser de fato uma única deusa. 


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby