16 de março de 2015

Bruxsa

۞ ADM Sleipnir



A Bruxsa é uma temida espécie de bruxa-vampira pertencente ao folclore português. Detentora de imensos poderes de feitiçaria, ela é maligna por escolha própria, e não por resultado de maldições ou acidente de nascimento como outros vampiros. 

Durante o dia, ela age como se fosse um humano comum, levando uma vida normal sob o disfarce de uma bela e sedutora mulher. Ela pode fazer tudo o que uma mulher comum pode fazer, passando despercebida pela sociedade. Ao anoitecer, surge sua verdadeira natureza. A Bruxsa se transforma em um animal (geralmente um pássaro, mas ela pode se transformar em lobo, rato, formiga, dentre outros), e então sai em busca de alimento. 

Seu alimento preferido, assim como o de outros vampiros, é o sangue de crianças, principalmente bebês. Ela irá atacar e sugar o sangue de bebês enquanto estão dormindo em seus berços. Ela pode chegar ao extremo de procurar homens viris para engravidá-la, somente para devorar o seu bebê assim que ele nascer. Quando não está se alimentando de crianças, ela gosta de atormentar viajantes, fazendo-os se perderem de seu caminho e deixando-os confusos e desesperados.


Bruxsas são imortais e invulneráveis, além de possuírem grandes poderes mágicos, sendo capazes de causarem desastres naturais como chuvas torrenciais e seca extrema, espalhar doenças e pragas e também causar o aborto em animais.

Apesar de ser virtualmente impossível de ser detida, existem maneiras de se proteger de de seus ataques. O método mais comum de proteção contra Bruxsas ( e vampiros em geral) são amuletos feitos de aço ou ferro. Além disso, pode-se costurar cabeças de alho nas roupas das crianças ou então colocar um prego de aço no chão e uma tesoura sob seu travesseiros. Caso esses métodos falhem, existem encantamentos que podem ser proferidos para afastar esse vampiro.

Caso uma criança seja morta por uma Bruxsa, existe um meio de se vingar dela. Apesar de não ser possível matá-la, é possível ferí-la por meio do seguinte procedimento: a mãe da criança morta deve ferver as roupas da mesma, enquanto estoca essas roupas com um instrumento afiado. A Bruxsa supostamente irá sentir as estocadas em seu próprio corpo, e se verá forçada a vir até a mesma implorando por misericórdia.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby