16 de março de 2013

Balder

۞ ADM Sleipnir

Na mitologia nórdica, Balder (ou Baldur, Baldr) era o filho de Odin, rei dos deuses, e da esposa de Odin, Frigga (algumas fontes relatam que ele era apenas um protegido desses deuses). É também pai do deus Forseti. Balder era o deus da justiça e da sabedoria, o mais belo dos deuses e um dos mais amados por Odin. Quando jovem, ele levou uma vida feliz e acabou casando-se com a  bela e benevolente deusa Nanna. Logo, porém, Balder começou a sofrer com sonhos terríveis, que o ameaçavam de morte. Temendo por sua segurança, Frigga pediu a todas as coisas criadas, vivas ou não, incluindo animais, pássaros, pedras, madeira e metal, para que fizessem um juramento para não machucassem Balder. Porém a apenas uma coisa ela não pediu para fazer tal promessa: o visco. Frigga pensou que o visco era muito jovem para fazer um juramento.




Depois de tudo e todos terem prestado juramento a Frigga, os deuses começaram a se divertir jogando coisas em Balder, porque sabiam que nada poderia prejudicá-lo. No entanto, o maligno deus Loki decidiu encontrar uma maneira para ferir mortalmente a Balder. Loki transformou-se em uma velha e foi visitar Frigga. A velha perguntou se era verdade que todas as coisas tinham feito um juramento para não machucar Balder. Frigga admitiu que ela não tinha pedido o visco para fazer o juramento. Loki então foi para o lugar onde o visco cresceu e tomou um galho dele.

Em seguida, Loki aproximou-se do irmão cego de Balder, Hod (ou Hodur) e perguntou por que ele não estava jogando coisas em Balder como todo mundo. Hod respondeu que ele não podia ver Balder, e além disso, ele não tinha nada para jogar. Loki então entregou Hod um dardo que tinha feito do visco e se ofereceu para guiar a mão Hod como ele jogou. O dardo atingiu Balder e matou-o instantaneamente. Os deuses ficaram chocados e confusos. Durante o seu funeral, a sua esposa Nanna atirou-se na pira funerária, pois queria habitar em Hel com o seu finado marido. Após tudo isso Frigga  pediu a alguém para que fosse ao submundo e pagasse um resgate para trazer de volta seu filho. Hermod, outro filho de Odin, se ofereceu para ir recuperar Balder.




Hermod partiu para o submundo, onde ficou durante uma noite. Hel, a deusa da morte, disse a ele que, se tudo e todos debaixo do céu derramassem uma lágrima por Balder, ela permitiria que ele voltasse. No entanto, se até mesmo uma coisa viva ou morta, falasse contra Balder ou se recusassem a chorar por ele, ele teria que permanecer no submundo. Os deuses então enviaram mensageiros a todas as partes do mundo para pedir que todos chorassem por Balder. Eles pensaram que tinham conseguido, até que encontraram uma velha bruxa chamada, Thokk sentada em uma caverna. Eles pediram a ela para chorar por Balder, mas ela recusou. A maioria dos relatos sugerem que Thokk não era outro senão Loki, o deus do mal, disfarçado

Desta forma, Balder não pode ser ressucitado. Acreditava-se que no Ragnarok, Balder retornaria à vida e governaria o novo mundo. 




Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

4 comentários:

  1. O QUE TENHO REPARADO, É O QUE SE PENSAVA SER MITO OU LENDA AFINAL NÃO BEM ASSIM, FOI UMA REALIDADE VIVIDA NO TEMPO DOS DEUSES QUANDO CÁ ESTIVERAM E LÁ DE SEUS MUNDOS, MAS COMO ERA FANTÁSTICO DEMAIS PARA AS MENTES FECHADAS DESTE PLANETA, AS HISTÓRIAS PASSARAM A MITOS LENDAS E MISTÉRIOS, MAS COMO VIVEMOS NUMA ÉPOCA DE DESPERTAR DE CONSCIÊNCIAS, JÁ VEMOS AS COISAS PELO CORRETO PRISMA, LOKI É REAL. ASSIM COMO O RESTO DE SEUS CONTEPORÂNIOS, APENAS O APRISIONARAM COM MEDO DO SEU PODER, PARA MIM JÁ NADA ME ADMIRA, SÃO DEUSES QUE MERECEM TODO O RESPEITO PELAS SUAS MAGNIFICAS QUALIDADES, SABEMOS QUE EXISTE DOIS PÓLOS, UM NEGATIVO E UM POSITIVO, MAS A VIDA PERFEITA PRECISA DOS DOIS PARA HAVER EQUILIBRIO NO CÓSMOS E LOKI É UMA DESTAS FORÇAS DO EQUILIBRIO.

    ResponderExcluir
  2. Me desculpe mas há um erro grotesco neste artigo sobre Balder.
    No final vocês escrevem "...não era outro senão Loki, o deus do mal, disfarçado"

    Loki não é deus do mal, ele é um gigante de fogo. Sua representação é de um ser caótico, traiçoeiro, assim como o fogo. Porém até mesmo o fogo que queima pode ser usado para gerar calor e vida. E assim como Loki, que tem grande importancia no panteão nórdico. Peço que corrijam esse erro e pesquisem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! O texto é antigo e certamente irei revisá-lo. Já o peguei pronto de outra fonte e mudei poucas coisas. Sei que Loki não é um deus do mal e sei da importância que ele tem no panteão nórdico.

      Excluir
  3. Interessante, poderia me recomendar as fontes que o levou a fazer esse texto?

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby