20 de março de 2013

Pégaso

۞ ADM Berserker




Pégaso (em grego: Πήγασος) é o cavalo alado mitológico, símbolo da imortalidade. Ele e seu irmão, o gigante Crisaor, nasceram do sangue do pescoço de Medusa quando esta foi decapitada por Perseu. Medusa engravidou devido ao fato de ter sido estuprada por Poseidon quando ainda era humana, no entanto, a mesma maldição - lançada por Atena- que a tornou num monstro, também impediu que seus filhos nascessem ate o dia de sua morte. Pégaso e Crisaor foram o resultado dessa união forçada e amaldiçoada.

Pégaso, logo que nasceu, feriu a terra com uma patada violenta e fez brotar uma fonte com propriedades místicas, que foi chamada de Hipocrene. Pégaso habitava no monte de Hélicon e pastava nas vizinhanças da fonte de Hipocrene.



Em uma das versões da historia, Perseu montou Pégaso na sua alucinante deslocação ao Egito para salvar Andrômeda, princesa da Etiópia, oferecida como sacrifício ao monstro marinho Ceto, que por vontade de Afrodite deveria devora-la. Perseu petrificou o monstro, mostrando-lhe a cabeça de Medusa, libertou Andrômeda e a entregou a seu pai, que, em reconhecimento, lhe deu como esposa.

Posteriormente, com a ajuda de Atena, que lhe deu uma rédea magica feita de ouro, Belerofonte domou Pégaso e o usou para cumprir diversas missões perigosas, entre elas, matar a poderosa Quimera, um monstro terrivelmente feros, e que embora por muito tempo fosse considerada invencível, acabou sendo morta por um único golpe do herói, que a atacou vindo dos céus.

Orgulhoso dos seus feitos, Belerofonte tentou usar Pégaso para chegar ao Olimpo. Zeus viu o ato como uma afronta aos deuses e fez com que e Pégaso derrubasse seu cavaleiro ao mandar uma vespa o picar. Belerofonte morreu devido à grande altura. Zeus recompensou Pégaso transformando-o na constelação de Pegasus, onde deveria dali em diante ficar a serviço do deus dos deuses. Outra história diz que quando Zeus mandou a vespa e Belerofonte caiu, Atena ordenou que o chão ficasse macio, portanto Belerofonte não morreu com a queda, mas sim como um mendigo aleijado procurando por Pégaso.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

7 comentários:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby