Image Map

8 de março de 2013

Casey Jones

۞ ADM Sleipnir


Casey Jones (14 de março de 1864 - 30 de abril de 1900) foi um maquinista de estrada de ferro americano, que tornou-se uma lenda por causa de uma balada sobre sua morte. Nascido John Luther Jones, ele recebeu o apelido de Casey na cidade de Cayce, Kentucky, para onde sua família se mudou quando ele era um adolescente. Jones era um engenheiro na Cannonball Express, que percorreu entre Chicago e New Orleans. 

Jones era famoso por sua habilidade peculiar com o apito do trem. Seu apito era feito de seis tubos finos unidos, o mais curto sendo metade do comprimento da mais longa. Seu som único envolvia uma longa nota, que começava baixinho, levantava-se e, então, morria de distância para um sussurro, um som que se tornou sua marca registrada. Um som que foi descrito como "uma espécie de chamada de aves ", ou "como o grito de guerra de um Viking." As pessoas tinham o costume de dizer "Lá vai Casey Jones" quando ele passava pelas estações.

Em 30 de abril de 1900, ele foi o substituto de um engenheiro doente quando o bombeiro do trem avisou sobre trens parados nos trilhos à frente. Jones ordenou que o bombeiro saltasse do trem, mas permaneceu a bordo do mesmo, segurando o freio. Após o acidente, o corpo de Jones foi encontrado no motor com uma mão ainda na alavanca do freio. Ele poderia ter pulado do trem e se salvado, mas preferiu conduzir até o fim e evitar que o trem descarrilasse, o que teria sido uma grande tragédia, pois o trem era de passageiros. Casey Jones foi a única pessoa a morrer naquela noite.


Cultura Popular

Jones já era famoso entre seus colegas por seu profissionalismo e dedicação, mas depois do acidente virou um mito não só entre os ferroviários. Ele entrou para o folclore americano quando um trabalhador ferroviário negro chamado Wallace Saunders escreveu uma canção sobre a catástrofe. A balada foi traduzida em várias línguas e ganhou popularidade em todo o mundo. 

Casey Jones Song - por Billy Murray

Mais tarde versões do conto têm retratado Casey Jones como, entre outras coisas, um homem elegante de várias senhoritas, um piloto da Segunda Guerra Mundial, e um engenheiro que quebrou uma greve sindical e é punido com a morte. Uma peça dramática chamada "Casey Jones", baseada em sua história, foi produzida pelo dramaturgo Robert Ardrey em 1938, sendo exibida na Broadway e no Teatro Fulton. Uma série de tv de mesmo nome, mas vagamente inspirada em Jones foi produzida entre 1957 e 1958.

Em 1950, Walt Disney lançou nos cinemas um "cartoon" musical intitulado "The Brave Engineer", que é uma paródia à sua bravura e coragem, sendo também uma homenagem. 


NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby