Image Map

16 de março de 2022

Mulher de Sete Metros

۞ ADM Sleipnir

Arte de Rodrigo Viany (Sleipnir)

A Mulher de Sete Metros é uma famosa assombração pertencente ao folclore mineiro, em particular da cidade de Montes Claros. Surgida em meados dos anos 70, dizem que ela costuma aparecer durante a noite (principalmente durante o período da Quaresma) vestida de preto, sendo tão alta que não é possível enxergar seu rosto, e um ônibus poderia passar entre suas pernas sem nenhuma dificuldade.

Dizem que ela é a alma penada de uma rica e finada fazendeira (algumas fontes lhe atribuem o nome de Lavi Lopes), dona de muitos escravos, e que em vida era bastante perversa. Tinha por costume jogar óleo fervente nos seus escravos quando estes não faziam seus trabalhos de acordo com o seu altíssimo padrão de exigência. Também gostava de pisar com seu salto no braço dos filhos das suas escravas enquanto esses engatinhavam, quebrando-lhes os braços e não permitindo que estes fossem tratados.

Algumas histórias dizem que a Mulher de Sete Metros não faz nada além de caminhar pela cidade, e caso alguém tente persegui-la, mais distante ela fica da pessoa, tornando impossível a aproximação. Outras histórias afirmam que ela ataca as pessoas jogando água fervente nelas e pisoteando-as com o seus enormes saltos, da mesma forma que costumava fazer com seus escravos em vida.

Uma completa invenção?

O jornalista João Carlos de Queiroz afirma que, na realidade, a Mulher de Sete Metros é uma invenção inteiramente sua, numa estratégia que visava fazer com que a empresa de transportes local estendesse a linha dos ônibus até o bairro, que na época era muito afastado e obrigava os moradores a subirem um perigoso barranco para conseguirem pegar os ônibus. Confira o relato completo do jornalista no link abaixo: 


Invenção ou não, a Mulher de Sete Metros já faz parte do folclore local à décadas. Inclusive, réplicas suas costumam ser confeccionadas e utilizadas como bonecos para ser espancadas na malhação de Judas. Ela também não ficou restrita à Minas Gerais, com histórias de supostas aparições relatadas por exemplo em Juazeiro, na Bahia.

Arte de Rodrigo Viany (Sleipnir)


fontes:
  • https://contosassombrosos.blogspot.com/2012/11/a-mulher-de-sete-metros.html
  • https://www.facebook.com/HETthePumpking/photos/a.2077965938969534/2109869715779156/
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

12 comentários:

  1. Sleipnir, venho acompanhado seus posts deste blog nos últimos meses e realmente você os faz com muita habilidade. Considero este o melhor site sobre monstros não só do brasil, mas de toda a internet. Admiro muito seu empenho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz e agradecido com o seu comentário! Muito obrigado mesmo. Esse blog só existe ainda graças a pessoas como você que reservam um pouco do seu tempo para lerem nosso conteúdo e comentarem.

      Excluir
  2. Como se trata de mitos brasileiro bem que poderia colocar os nomes do estado ex mulher dos sete mortos (MG)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu já o faço no corpo do texto, não acho necessário fazê-lo no título. Quando expandir o número de posts sobre o folclore brasileiro aqui no blog, pretendo criar tags regionais para agrupá-las.

      Excluir
  3. O NUMERO DE MITOS BRASILEIROS POR MES ESTÃO AUMENTANDO.
    MUITO BOM SAIR DOS BASICOS SACI, BOTO, CURUPIRA, IARA E MULA SEM CABEÇA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho me esforçado não só em pesquisar e fazer os textos, mas também em ilustrar os mitos que não encontro nenhuma imagem na internet. E tenho mantido uma frequência de ao menos um post brasileiro por semana (4 por mês). Nosso folclore merece, é muito rico.

      Excluir
  4. TEM ALGUM IDEIA PARA COMEMORAR O BICENTENARIO DA INDEPENDENCIA?
    PODERIA FAZER O MES DE SETEMBRO SO COM MITOS BRASILEIROS.
    FICA A SUGESTÃO.
    UM ABRAÇO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho nenhuma idéia ainda. Além disso, Setembro é o mês em que o blog completará 10 anos, e ainda preciso pensar sobre o que farei. E estou enfrentando problemas sérios que podem provocar uma pausa indeterminada nas atividades do blog, então to levando as coisas no ritmo que aguento no momento.

      Excluir
    2. ESPERO QUE SUPERE ESSAS DIFICULDADES.
      SEU TRABALHO É MUITO BOM MAS NÃO DEVE DAR O RETORNO SUFICIENTE PARA PAGAR AS CONTAS.
      ESTAMOS NA TORCIDA PARA PASSAR POR ESSE TEMPO DIFICIL
      E QUE TODOS OS PANTEOES TE PROTEJA.
      UMA ABRAÇO

      Excluir
  5. Vai ter post sobre os filhos de Kerana? Adoro mitologia brasileira seus posts estão cada vez mais completos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo o que sei sobre Tau, Kerana e seus filhos foi publicado nesse post: Tau, Kerana e os Sete Monstros Lendários.

      Aproveitando o comentário, gostaria de esclarecer que esse mito, embora eu próprio e muitos outros autores por aí o tenham classificado como sendo um mito brasileiro, na verdade trata-se de um mito do povo guarani em território paraguaio.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby