Image Map

8 de março de 2022

Tlahuelpuchi

۞ ADM Sleipnir


Tlahuelpuchi é um tipo de criatura vampírica pertencente ao folclore rural mexicano, possuindo raízes nas crenças dos povos indígenas náuatles. De acordo com as lendas, um Tlahuelpuchi é uma pessoa que nasce com essa maldição, que faz com que ela se transforme em uma criatura sugadora de sangue ao atingir a puberdade. Infelizmente para essa pessoa, a maldição não pode ser removida ou evitada de nenhuma forma. Em sua forma transformada, um Tlahuelpuchi assemelhasse a um animal (geralmente  um peru ou abutre, porém existindo relatos de transformações em cães, gatos, pulgas e outros), envolto em uma aura brilhante. A maioria dos Tlahuelpuchi são do sexo feminino, sendo consideradas mais sanguinárias e malignas que os raros espécimes masculinos.

Uma vez estabelecido o seu alvo (geralmente crianças recém nascidas), um Tlahuelpuchi deve realizar um ritual antes de entrar em sua casa. Ele precisa sobrevoar a casa uma vez de norte a sul, e uma vez de leste a oeste, simbolizando assim o formato de uma cruz. Assim, ele fica livre para entrar no local. Ele entra furtivamente na casa como uma névoa, às vezes luminosa, infiltrando-se por baixo de portas e peitoris de janelas, ou por buracos de fechadura, ou rastejando como um inseto. 

Arte de Amanda Todd

Uma vez dentro, o Tlahuelpuchi muda novamente para sua forma animal e hipnotiza os ocupantes, colocando-os em um sono profundo para que assim ele possa realizar seu ataque. Um Tlahuelpuchi deve se alimentar de sangue pelo menos uma vez por mês, caso contrário, acabará morrendo.

É difícil detectar um possível Tlahuelpuchi em uma comunidade, pois sua família faz de tudo para protegê-lo de ser descoberto. Na verdade, a família de um Tlahuelpuchi acaba sendo uma cúmplice relutante de seus atos, pois se revelarem sua identidade, passam a serem alvos dele, e caso alguém da família o mate, os poderes dele passam para o assassino. Além da questão familiar, um Tlahuelpuchi também pode estabelecer pactos com bruxas locais e outras criaturas, de forma que estes não revelem sua identidade para a comunidade. Desse modo, o único jeito de um Tlahuelpuchi ser descoberto é ser pego em flagrante, ocasião na qual deve ser morto para que não torne a atacar ninguém. A tradição popular recomenda alho, cebolas e metal para repeli-los.

Arte de Daniel Parada

fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

2 comentários:

  1. Obrigado amigo, por suas postagens. Certamente que qualquer aspirante a escritor retira muitas ideias das informações que você traz. As imagens também são boas. Seu trabalho é excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado você pelo comentário. Faço o melhor que posso para proporcionar o melhor conteúdo possível.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby