Image Map

4 de março de 2015

Anfitrite

۞ ADM Sleipnir


Anfitrite é na mitologia grega a deusa rainha do mar, esposa do deus dos mares Poseidon. Alguns dizem que ela é uma nereida, filha da ninfa Dóris e de Nereu e irmã de Tétis; já outros a relacionam como uma oceânide, filha de Oceano, mas a maioria simplesmente a descreve como a personificação feminina do mar. Como tal, ela era essencialmente equivalente à Thalassa, esposa de Pontos. Sua equivalente na mitologia romana é a deusa Salácia.

Anfitrite era representada como uma mulher jovem, muitas vezes com um das mãos levantadas em um gesto de pinça. Às vezes, ela era representada segurando um peixe. Em esculturas e mosaicos, Anfitrite geralmente aparece sentada ao lado do marido em uma carruagem puxada por tritões e/ou hipocampos. Às vezes, seu cabelo é preso com uma rede e sua testa adornada com um par de garras de caranguejo como "chifres".


A união com Poseidon

Certa vez, quando se divertia com suas companheira, Anfitrite foi vista por Poseidon que, maravilhado pela sua deslumbrante beleza, tentou raptá-la, mas ela se recusou a unir-se ao deus, fugindo dele e se refugiando nas profundezas do oceano, em um lugar onde só sua mãe, Dóris, sabia onde estava. Poseidon não desistiu de sua paixão e continuou com suas investidas. Mandou um delfim procurá-la e ela foi encontrada ao pé do monte Atlas e, convencida, ela cedeu e casou com Poseidon, que a tornou rainha dos oceanos. Dessa feliz união, nasceu um rebento de corpo de homem e cauda de peixe, Tritão, que se tornou mensageiro e zeloso servidor dos pais, e com sua música produzida com búzios como instrumento, apaziguava a agitação dos mares para que a carruagem paterna pudesse percorrer em segurança seus domínios. Diz-se também que sua descendência foi marcada pelo nascimento de muitas ninfas marinhas, mas também de monstros e gigantes, inclusive mãe dos Ciclopes. 

Assim como Hera, Anfitrite também sofria com as inúmeras traições de seu marido, todavia ela não possuía o ciúme doentio e a maldade da mesma. 

Arte de DavidGaillet

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

7 comentários:

  1. Estou descobrindo agora esse site. Gostei muito. A hostória dos povos e seus mitos me encanta. Claro que passa pelos meus filtros. Não é qualquer coisa que me empolga. É entrelaçamento das histórias que dizem do nosso passado.

    ResponderExcluir
  2. Tenho bastante interesse em conhecer mais. Sobre Anfitrite. E mitologia. Bom

    ResponderExcluir
  3. vc podia liberar a seleção de texto, mas achei o site completo

    ResponderExcluir
  4. Isso mim ajudar muito, afinal sou facinada por mitologia de diversas culturas.

    ResponderExcluir
  5. Ela tinha quarenta e nove irmãs e apenas um irmão, Nerites, que era tão bonito que Poseidon o tornou seu amante.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby